Roma – Top 10 da cidade

Roma - Top 10 da cidade

Agora chegou a vez de falar sobre as coisas mais legais da passagem por Roma. Eu sempre procuro pesquisar os principais lugares para visitar, mas nem sempre é possível ir em todos. Listas é a melhor maneira de encontrar o que precisamos, quem não gosta?!

Sobre o Top 10

O ‘Top 10 da cidade’ são coisas mais legais que vi ou fiz em cada lugar. Elas não refletem nenhuma pesquisa oficial, são apenas sugestões que talvez possam ajudar outras pessoas em suas viagens.

Roma é uma cidade alegre para cima, e como é de se esperar, antiga e até um pouco mal cuidada em alguns aspectos. Lotada de turistas o tempo todo, as coisas são até bem mais caras devido à essa grande procura. Muitos vendedores de rua por toda a parte e gente de todos os lugares, aconselharia tomar um pouco de cuidado ao caminhar pela cidade, no sentido de não “marcar bobeira”.

Táxi

No aeroporto, se for tomar um táxi, opte pelos carros oficiais (de cor branca). Jamais aceite àquelas pessoas que atacam na chegada, eles são até insistentes e o serviço custa mais caro.

Metrô e Ônibus

O metrô também é outro ponto fraco, as vezes lotado e um pouco mal cuidado, mas há linhas novinhas e modernas. Compre um cartão para o número de dias e horas que deseja e utilize também nos ônibus (não é preciso apresentar o cartão a ninguém, só passar na catraca do metrô e quando for solicitado). Alguns trens, como o que acessa o aeroporto podem ter uma cobrança extra. Mais informações aqui: www.rome.info/metro (em inglês).

Como a visita à capital da Itália foi feita em uma semana de Páscoa, foi praticamente impossível ir aos museus e lugares mais conhecidos de Roma, como entrar na Basílica de São Pedro e Museu do Vaticano, por exemplo. Mas o legal foi ver o Papa Francisco de pertinho! :)

Resolvemos fugir de alguns lugares mencionados pelos Top 10 de outros blogs, porque achamos alguns lugares alternativos e até bem mais legais. Inclusive alguns bem próximos das regiões mais famosas. Ou seja, visitando as nossas dicas, você vai acabar passando pelos pontos ditos “obrigatórios” de qualquer forma.

1- Vaticano e o Papa Francisco

vaticano-praca-sao-pedro

O ponto forte da viagem à Roma foi visitar a Praça de São Pedro, no Vaticano, e ver o papa Francisco de perto. Graças ao meu amigo Filipe (que não foi junto), Marina e eu ficamos sabendo da tradicional aparição dele às quartas-feiras de manhã (10h). Antes da missa feita na praça, ele passa em carro aberto saudando os presentes.

papa-francisco

Os bispos de cada país também agradecem a presença em diversos idiomas, quando feita em português, foi impossível não vibrar junto!

Infelizmente falou entrar na Basílica e no Museu do Vaticano, perderiamos horas em filas por causa da semana da Páscoa. É possível até entrar e ver os jardins do Vaticano de perto, obviamente em uma época de menos procura seria mais simples, com agendamento prévio e compra de ingressos.

Aqui tem todas as informações para visitar o Vaticano: http://w2.vatican.va/content/vatican/pt.html.

2- Coliseu

coliseu-roma

O Coliseu de Roma (Colosseo em italiano) dispensa comentários, acho que é o símbolo mais lembrado da cidade. É super fácil chegar lá, tem até uma estação de metrô chamada Colosseo bem na frente. A noite ele fica ainda mais lindo iluminado!

coliseu-vinho-cerveja

Atravessando a rua estão restaurantes/bares para comer e beber algo como fizemos, em um deles existe até um buffet onde você só paga um valor da primeira bebida e pode consumir o que quiser.

3- Altare della Patria

altare

Um dos lugares mais lindos que encontramos é o Monumento Nacional a Vítor Emanuel II, Altare della Patria (Altar da Pátria) ou ainda Il Vittoriano. Acessado através de uma escadaria, com várias esculturas de mármores.

O local possui apelidos como bolo de casamento e até máquina de escrever pelos romanos. Na parte de trás é possível ver ao alto o Fórum Romano.

igreja-santa-maria-in-aracoeli

Ao lado está a linda Igreja Santa Maria in Aracoeli que também vale uma visita. A riqueza da parte interna, contrasta com a simplicidade externa. Os lustres iluminados durante as celebrações deixam o templo ainda mais deslumbrante.

4- Panteão

panteao

O Panteão ou Panteão de Agripa foi originalmente dedicado a todos os deuses. Posteriormente foi transformado em igreja cristã dedicada a Santa Maria e todos os Santos (Mártires), foi o que o salvou do vandalismo e o conservou até hoje.

É outra visita obrigatória e totalmente grátis para acessar ao interior da construção. Uma boa pedida é almoçar em um dos restaurantes que ficam bem em frente, na Praça da Rotonda.

4- Fontana di Trevi

fontana-di-trevi

A Fontana di Trevi é uma enorme fonte, como o nome já diz, totalmente construída no estilo barroco. Infelizmente estava em reforma e seca no dia que recebeu a nossa visita.

Ainda era possível ver as moedas que os turistas jogam ao fazer pedidos, em uma espécie de tradição.

5- Fórum Romano

forum-romano

É impressionante a paisagem vista de qualquer parte do Fórum Romano. São ruínas de construções que já foram o centro da vida pública do Império Romano.

6- Villa Borghese

villa-borghese1

Este foi um lugar especial que descobrimos em Roma. Fica próximo a Piazza di Spagna e Piazza del Popolo, subindo as escadarias. Um parque com área verde e restaurantes, em alguns pontos é possível ter uma vista privilegiada de toda a cidade.

villa-borghese2

Depois de passar pelas praças lotadas, é ótimo descansar um pouco nas áreas verdes.

7- Via Veneto

via-veneto

A Via Vittorio Veneto é uma das mais famosas, elegantes e caras ruas de Roma. Vale a pena dar uma passada por lá e ver pelo menos as fachadas dos hotéis luxuosos.

Ali também está o Hard Rock Café Roma, mas só passamos na frente.

bottega-italia

Uma dica é tomar um café ou fazer um happy hour na Bottega Italia, que fica bem perto da estação Barberini. Muitas opções de pratos, doces, salgados, cafés, vinhos e o que mais você quiser pedir. Atendimento e preços super bons. Mais no site: www.bottegaitaliaroma.it.

8- Basílica de Santo Ambrósio e São Carlos

basilica-via-del-corso

Essa linda basílica fica bem na Via del Corso, perto de uma área cheia de lojas. Vale a pena entrar e admirar a beleza de detalhes do templo.

Tem uma parte em que é possível fazer uma doação, e acender uma vela para agradecer ou fazer um pedido.

9- Lojas e as compras

lojas-roma

Em Roma, as lojas estão por toda a parte, de portas abertas para os famigerados turistas. Desde as grifes italianas e de outros países, até as populares lojas de departamentos conhecidas internacionalmente.

Na região da basílica mencionada acima, estão lojas como H&M, Guess, Zara, Swarovski e até uma Disney Store, só para citar algumas.

aventais-roma

Banquinhas e lojas populares com souvernirs estão em todos os lados, alguns até um pouco obscenos, fazendo uso de partes de estátuas da cidade. Em quase todos os pontos de venda, estão lembranças com o rosto do Papa Francisco, medalhas, terços, correntes e até calendários com fotos de padres!

vitrine-vaticano

Próximo do Vaticano também existem lojas exclusivamente religiosas. Que tal a tendência outono/inverno? :)

10- Comer, beber e caminhar

roma-escadaria

Talvez não seja possível gastar todas as calorias que você vai comer e beber em Roma, mas uma boa parte talvez sim. Prepare as pernas, a cidade foi feita para andar muito, é a única forma de explorar pelo menos boa parte dos lugares.

Depois de cansar muito, nada melhor que saborear uma ‘pasta’ ou pizza, ou ainda um legítimo risoto acompanhado de uma boa taça de vinho ou cerveja.

risoto-panteao

Acima um risoto acompanhado de vinho branco, em um restaurante em frente ao Panteão.

Os preços são um pouco elevados, é bom sempre dar uma pesquisada, como foi nosso achado da Bottega Italia (na Via Veneto).

tiramisu

Para os adoradores do Tiramisù, é hora de comer um legítimo italiano. Ou então opte pelos gelattos italianos (sorvetes), que são oferecidos por toda a parte!

Berlim – Top 10 da cidade

Berlim - Top 10 da cidade

Resolvi começar essa série das 10 coisas mais legais que eu fiz em Berlim, em breve farei sobre outras cidades, até brasileiras que eu já tenha visitado.

Quando eu faço pesquisas sobre lugares, estas listas são muito úteis e mais práticas de inserir em nossos roteiros.

Sobre o Top 10

O ‘Top 10 da cidade’ são coisas mais legais que vi ou fiz em cada lugar. Elas não refletem nenhuma pesquisa oficial, são apenas sugestões que talvez possam ajudar outras pessoas em suas viagens.

Conheci Berlim com a ajuda de duas ‘experts’, a Marina que já esteve algumas vezes por lá e a Julia, que mora na capital alemã e tem um site sobre a cidade mais legal da Europa, o deBerlim (com muito mais conteúdo relevante). Não sei se de fato é a mais legal, porque não conheço todas, mas até agora posso dizer que sim!

Vamos lá (algumas são bem clichê, mas tem que ir!):

1- Portão de Brandemburgo

porta-de-brandemburgo-noite

Começo pelo Portão de Brandemburgo (Brandenburger Tor em alemão) porque para mim é o símbolo mais forte de Berlim. Pensou na cidade, lembro daquela imagem, seja de dia ou de noite. É inclusive a ‘estampa’ dos vidros do metrô.

porta-de-brandemburgo-dia
Mais na Wikipedia: http://pt.wikipedia.org/wiki/Port%C3%A3o_de_Brandemburgo.

2- Alexanderplatz e a Torre da TV

alexander-platz-torre-da-tv
Alexanderplatz (ou somente Alex, para os íntimos) é a região central, uma praça cheia de lojas e também um grande terminal de transporte público. É uma visita obrigatória, muitas vezes necessária.

A Torre da Televisão de Berlim (Berliner Fernsehturm, em alemão) é outro símbolo bem forte da cidade. No começo eu achava super cool e até surreal o estilo da torre, soube também que tem um restaurante (giratório!) lá no topo, mas acabei não visitando. Depois que descobri que é uma obra do tempo lá do comunismo perdeu um pouco o encanto, mas é um símbolo e compõe o visual da cidade.

Mais na Wikipedia: http://pt.wikipedia.org/wiki/Berliner_Fernsehturm.

3- Parlamento Alemão

parlamento-alemao
O Parlamento Alemão (Reichstag) é outro lugar que merece uma visita. Infelizmente acabei não entrando, porque o tempo estava ruim e as filas estavam grandes. É necessário se inscrever para acessar o prédio. Vale subir até a cúpula para ver mais da cidade.

4- Coluna da Vitória

coluna-da-vitoria

A Coluna da Vitória (Siegessäule, em alemão) é uma torre que fica reto atrás do Portão de Brandemburgo. Outro símbolo conhecido de Berlim, possui uma escada e um pequeno museu. É possível subir até o topo e admirar a vista da cidade. Eu subi até o último nível, mas a foto acima ficou melhor.

5- Memorial dos Judeus mortos na Europa

memorial-judeus-mortos-na-europa

O memorial que parece um cemitério, também chamado de Memorial do Holocausto, fica bem perto do Portão de Brandemburgo. Foi inaugurado recentemente em memória às vítimas judias do Holocausto.

memorial-judeus-mortos-aerea

A imagem acima foi retirado da Wikipedia e dá uma noção melhor do espaço.

6- Igreja da Memória

igreja-da-memoria

A Igreja da Memória (Gedächtniskirche – Kaiser Wilhelm Memorial Church), parcialmente destruída durante os bombardeios de 1945, permaneceu como uma lembrança daqueles tempos difíceis. Recebeu o nome como uma lembrança que aquilo nunca mais deveria acontecer.

7- Compras: KaDeWe e Galeria Kaufhof

kadewe-galeria-kaufhof

Berlim é uma cidade globalizada, lá estão lojas famosas do mundo novo, mas esses dois locais merecem destaque porque são típicos da capital alemã.

A Kaufhaus des Westens (Loja de Departamentos do Ocidente), ou KaDeWe, é uma loja de departamentos ENORME, com tudo que se possa imaginar. É considerada a segunda maior loja de departamentos da Europa. Merece visita independente se for para fazer compras ou só dar uma olhada.

Já a Galeria Kaufhof fica bem na Alexandre Platz. Ambas as lojas são um mix de produtos com muitos setores.

berlim-compras

Acima as fotos estão misturadas, são mais para dar uma PEQUENA ideia dos lugares! <3

8- Sony Center

berlim-sony

O Sony Center (que fica na Potsdamer Platz) é um lugar super legal e lindo. Um complexo de entretenimento e centro empresarial, com uma cobertura iluminada à noite que liga alguns prédios.

sony-center-bares

Ali estão algumas lojas, bares e pubs para almoçar, fazer um happy hour ou jantar.

9- Noite e Balada

balada-berlim

Para conhecer Berlim e ter uma boa ideia de como é tudo por lá, é preciso curtir pelo menos uma balada. Eu fui levado praticamente por um bando de brasileiros, amigos da amiga da Julia (ufa) para uma festa que nem sei o nome. No começo eu não queria mas adorei e gastei MUITO pouco (10 euros a entrada). Felizmente consegui chegar em casa, já de manhã. :P

Se for a Berlim, pesquise alguma festa e não deixe de ir. A cidade é feita para os festeiros!!!

10- Caminhe, coma e beba muito

Berlim é uma cidade para curtir, descontraída, leve e cheia de pessoas super receptivas.

berlim-rio

Não importa o horário, eu sempre me senti em casa por lá.

berlim-sol

Comer e tomar muita cerveja (de qualidade) é uma certeza desde antes de você chegar em Berlim.

comidas-cerveja-berlim

Não importa se em um restaurante renomado, em uma banquinha na feira da praça ou em um bar bem comum. As cervejas boas (ou os vinhos) estarão por toda a parte.

portao-de-brandemburgo-cerveja

Já pode voltar? Prost!

Vale acessar o deBerlim para conhecer ainda mais sobre Berlim!

Paris: Visitando a cidade durante conexão de vôo

paris-torre-eiffel

Dica para quem vai fazer uma viagem para a Europa e quer pelo menos ter o gostinho de adicionar ainda mais um destino ao roteiro. Durante a ‘Euro Trip’ que eu fiz com a Marina por Berlim e Roma, comprei as passagens pela Air France e consegui uma escala no retorno de Berlim, de aproximadamente 11 horas em Paris.

Foi suficiente para pelo menos dar uma passada aos principais pontos turísticos da capital francesa.

paris-rio-sena-torre-eiffel

É claro que acaba sendo apenas um aperitivo, mas já serve para te fazer querer voltar. É óbvio que eu amei Paris, mesmo dando uma de mochileiro durante poucas horas.

É importante ter pelo menos um intervalo de 6 horas de conexão, menos que isto já é muito arriscado e nem valeria a pena.

Eu não queria perder tempo e nem gastar muito, afinal já era meu retorno do passeio por Berlim e Roma. Estava com medo de me perder ou gastar muito tempo encontrando a melhor maneira de sair do aeroporto Charles de Gaulle e chegar à região turística de Paris. Táxi nem pensar, o mesmo trecho que fiz de 27km do aeroporto até o Arco do Triunfo sairia caro.

Les Cars Air France

Ainda em Roma, eu estava pesquisando a melhor maneira de fazer meu trajeto. A Marina, que já esteve em Paris e conhece a cidade, me deu muitas dicas sobre as estações do metrô que eu deveria descer, nomes de ruas e etc, mas eu estava ainda inseguro porque ficaria sem internet.

Li vários posts de blogs explicando como fazer o trajeto, inclusive com dicas do que fazer em poucas horas. Este post aqui do blog Conexão Paris foi super útil: Escala em Paris? Veja como aproveitá-la para conhecer ou rever a cidade.

Foi quando descobri sobre o Les Cars da Air France (site em inglês e francês), que são ônibus expressos (Shuttle bus services) que fazem translados entre os aeroportos e regiões da cidade. Optei pelo que descia em PARIS ÉTOILE / CHAMPS-ÉLYSÉES, que fica bem no Arco do Triunfo.

les-cars-airfrance

Não é necessário ter comprado passagem da Air France, são serviços de ônibus para qualquer pessoa, pode ser comprado pelo site ou nos terminais dos aeroportos, e até diretamente com o motorista. Se comprar pela internet, é necessário imprimir o voucher. A sorte que em Berlim eu consegui uma impressora no hotel que estava.

Se não tiver como imprimir, compre na hora. Os ônibus vão quase vazios. Eu paguei 29 euros pela ida e volta. Eles são mais ou menos a cada 30 minutos, basta chegar ao ponto e embarcar.

Mais em: en.lescarsairfrance.com. (inglês)

Caminhando por Paris

paris-franca-montagem

Acabei não me preocupando em fazer um roteiro, quando o ônibus se aproximou do Arco do Triunfo, eu fiquei meio louco e esqueci que eu tinha poucas horas, sai caminhando com uma mochila pesada. Dava pra ver um pedaço da Torre Eiffel e eu saí caminhando em direção à ela e tirando fotos.

Tinha acessado bastante o Google Maps e acabou ficando em cache, então estava mais ou menos tranquilo.

Em resumo, minha passagem por lá foi uma longa caminhada do Arco do Triunfo até a Torre Eiffel e o Campo de Marte, até me sentei ali para pegar um sol, consegui me conectar à uma Wi-fi pública e postar alguma coisa de lá.

Dali segui para o Louvre, eu PRECISAVA pelo menos ver de perto das pirâmides de vidro que eu sempre sonhei ver de perto. Foi até emocionante, mas me senti como uma criança olhando doce pela vitrine. Será um destino próximo obrigatório e quero ficar por ali pelo menos uns três dias, porque o museu é gigantesco.

Me aguarde Monalisa, ‘quero lhe usar’.

paris-louvre

No caminho até o museu, passei pela fonte (acho que era aquela) que a Andrea joga o celular, no final do filme O Diabo Veste Prada. Estava seca, não encontrei celular algum… Ainda lembro do ringtone. :D

fonte-paris

Acabei apenas fazendo lanches e não me matem, comendo algo em um Starbucks. Queria carregar o celular e usar a internet, sabia que ali eu teria isso disponívels. Pelo menos provei Nutella Crepe em uma banquinha no trajeto do lado do Rio Sena.

Queria ficar mais!

Voltando do Museu do Louvre, caminhei pela Champs-Élysées até o Arco do Triunfo, que já dava para ver de longe, era o ponto onde eu retornaria ao aeroporto. Passei por lojas e locais que com certeza eu queria muito entrar e ver melhor, mas infelizmente eu não tinha tempo.

paris-champs-elysees

Vi a enorme loja da Louis Vuitton, que foi o momento que eu me senti rico… DE SAÚDE. E também passei pela loja do Paris Saint-Germain e outra da Renault, onde tinha até um modelo de Formula 1 patrocinado pela marca.

Na hora eu nem senti nada de cansaço, acabei foi depois dormindo durante todo o vôo de volta, que teve escala no Rio (Galeão), antes de chegar em Porto Alegre. Agora ainda me recupero (uma semana depois) de uma forte dor na lombar, depois daqueles longos quilômetros caminhados em Paris, mas valeu a pena.

Me arrependo um pouco de não ter me organizado melhor, usado também metrô ou taxi em algum trajeto. Teria mais conforto e veria mais. Mas a experiência valeu.

aeroporto-paris

Hora de voltar para casa.

Roma: A chegada, o Coliseu e a missa do Papa Francisco

gus-vaticano

Apenas no segundo dia de visita à Roma e já posso dizer que foram praticamente dois sentimentos, dois dias bem diferentes. No primeiro dia, atravessamos uma série de problemas: dificuldade para encontrar as malas no aeroporto (na chegada de Berlim), depois quase nos perdermos pela cidade, tudo mudou e praticamente coincidiu com a manhã em que Marina e eu vimos o Papa Francisco bem de perto e visitamos vários lugares lindos da capital italiana.

Instalados em um apartamento alugado, embora um pouco longe dos principais pontos turísticos, tudo está indo bem. Chip do celular com um super pacote 4G da Tim de 10Gb por 25 euros, cartão do metrô/transporte e principalmente sabendo já se locomover bem melhor, as coisas foram maravilhosas no segundo dia.

O Coliseu

Finalmente depois de resolver os erros de percurso e estarmos devidamente conectados e melhor localizamos, chegamos ao Coliseu de Roma. Estava entardecendo.

Momento de dar uma volta pelo local e tirar fotos.

coliseu

Uma pausa para comer uma pizza e tomar algo, chegou a hora de tentar com alguma dificuldade, voltar para casa. Conseguimos algumas horas depois!

Vaticano e Papa Francisco

gus-vaticano2

Um novo dia ensolarado chegou (e até quente), e somente lugares lindos e muita energia boa chegou.

papa-francisco

Finalmente dentro da Praça de São Pedro, no Vaticano, esperamos pela aparição do Papa Francisco, que fez o tradicional desfile em carro aberto e a missa de todas quartas pela manhã. Neste dia foi especial porque estamos na semana da Páscoa.

Foi bem emocionante, ele é muito querido e irradia uma alegria contagiante.

Igrejas, Monumentos e o Fórum Romano

Depois disso foram só surpresas boas, fomos praticamente tateando “às cegas” Roma. A cada novo lugar, prédios e monumentos de encher os olhos.

risoto-pantheom

Almoço em frente ao Panteão ou Pantheon de Roma (também conhecido como Panteão de Agripa, é o único edifício construído na época greco-romana que, atualmente, se encontra em perfeito estado de conservação. Obrigado Wikipedia).

igreja

Depois estivemos na Fontana de Trevi, que infelizmente ainda está em recuperação, e no Altare della Patria onde encontramos a igreja linda da foto acima.

forum-roma

Por último chegamos às Ruínas do Fórum Romano. Este será novamente visitado, porque merece muitas outras fotos. É um lugar muito marcante, com muita história e que teve muita importância durante a época do Império Romano.

A viagem por Roma apenas começou, temos ainda quatro dias pela frente e muitos lugares para visitar. Pretendo descrever cada um dos pontos visitados depois de chegar de viagem ao Brasil.

Quem quiser acompanhar “em tempo real”, pode me seguir (@gustavobygus) e seguir a Marina (@marina2beauty) no Instagram, porque estamos postando muitas fotos por lá.

Até logo com mais novidades, e depois muitos posts com todas as dicas de viagem de todas as cidades que estive nesta “Euro Trip” com a Marina, durante as próximas semanas. Tudo estará na tag: Viagem Europa – 2015 (link direto).

Escrever sobre cada detalhe vai ser até uma maneira de aprender um pouco mais sobre a história de cada lugar.

– Gus :)

Direto de Berlim: o blog está parado, mas a viagem a mil

coluna-da-vitoria-marina-gus

Não consegui parar ainda para escrever algo, mas estou tirando muuuitas fotos e fazendo até vídeos com a Marina.

Na foto de destaque (acima), Marina e eu de cima da Coluna da Vitória com uma bela vista para o Portão de Brandemburgo e a Torre da TV, bem ao fundo.

cerveja

Certamente dezenas de posts virão por ai. Estamos fazendo passeios e mais passeios. Amanhã vamos para Roma!!!

parlamento-alemao

Acima o belo prédio do Parlamento Alemão em um dia muito frio.

berlim-rio-antena

Linda vista em uma caminhada depois do almoço.

berlim-estacao

Berlim é linda! Eu tardo, mas não falho JAMAIS em escrever aqui!

gus-metro

Um ótimo início de semana!

Berlim, o começo

berlim-comeco

E assim começou nossa viagem. Mesmo depois de muitas e muitas horas de vôos, entre vários aeroportos, sobrou disposição, é CLARO, para circular por aí de noite. Berlim, babe! Alemanha, babe!

A Julia foi um amor nos levando até o Portão de Brandemburgo, depois de muitos nachos com cerveja e uma cerveja estranha vermelha que a Marina tomou.

berlim-marina-julia

Marina e Julia. <3

berlim-pole

Teve Pole dance no apto? Teve tentiva sim senhor. Vou aprender… :P

beer-berlim

Saúde!

berlim-sony

Lugar lindo, essa parte de cima liga vários prédios.

Enquanto eu escrevo isso, a Marina já me espera para mais um dia que com certeza promete ainda mais. Muito Feliz!

O próximo post vai ser com mais calma e com mais detalhes.

Que charme esta vista de manhã da janela, mesmo nublado. Berlim é amor!

Que charme esta vista de manhã da janela, mesmo nublado. Berlim é amor!

Guten Morgen!

Berlim, Roma e Paris – Aviso de Viagem

berlim-roma-paris-viagem

Estive sem postar por uns dias por um bom motivo, os preparativos finais para a viagem!

Finalmente saiu a ‘Eurotrip’ que eu combinava com a Marina há um bom tempo. Deve fazer mais de um ano que falávamos sobre isso.

Acho que faz uns 12 anos que eu não viajo junto com a Marina, a última vez foi para Miami em 2003, quando ainda eramos colegas de trabalho!!! Que emoção! :D

Berlim e Roma

Então, em algumas horas estarei partindo para Berlim (Alemanha), também visitar a Julia do DeBerlim!!! O próximo destino é Roma (Itália), em plena época de Páscoa!! Depois retornaremos para Berlim para mais uma noite. Uma pena que os únicos vôos que conseguimos juntos foram os de ida e volta de Berlim para Roma. Os outros foram com diferença de horas.

Vaticano

vaticano-roma

A foto de Roma mostra o Vaticano (ao fundo e o Papa na foto de destaque), por motivos de que é um sonho meu conhecer essa pequena cidade-estado que fica dentro de Roma. Quem sabe ver o Papa Francisco no domingo de Páscoa! Muita alegria desde já só de imaginar.

Além de que Roma é uma cidade linda e a gastronomia maravilhosa.

Paris por 12 horas

Meu vôo de volta para o Brasil no dia 6/4, terá uma escala de mais ou menos 12 horas em Paris (estou voando Air France). Fiz estrategicamente para conhecer mesmo que rapidamente a cidade, quero tentar ver pelo menos ver os pontos turísticos de perto. Tirar algumas fotos e matar a minha curiosidade sobre a tão falada cidade luz. Quem sabe como um destino principal da próxima vez!

A empolgação é super, essa viagem promete muita diversão e muitos relatos e posts por aqui. Estou levando inclusive computador para postar de lá, além do instagram (@gustavobygus), é claro!

Diário de viagem à vista… :)

Tutorial dos Figos

Tutorial dos Figos

E finalmente chegaram os minutos de fama dos figos! Como assim figos?! SIM FEEGOS!

Acompanhando o sofrimento e solidão dos nossos amigos quase todos os domingos, na mesa de doces da vó da minha amiga Marina do 2Beauty, no instagram dela. Somando o fato dos pobres solitários ainda estamparem camisetas e outros objetos do blog, em um total bullying sobre sua rejeição. Tomei as dores dos ‘meninos’ e resolvi dar um pouco de ibope para os bonitos, tão escurraçados.

Me afeiçoei pelos figos, mesmo não sendo minha sobremesa preferida. Já passei pela situação de não ser o escolhido e ficar de canto na mesa. As vezes é preciso de convivência e observar a personalidade antes de concluir algo, não somente pela aparência e primeira impressão que os pobres dão, ainda que sejam meio esverdeados ou amarronzados, tadinhos. Eles têm bom coração!

Ah e eu sei que muita gente comenta que curte os figos. Ou você os ama, ou odeia! :D

Biografia não autorizada dos figos

meme-da-vo-leda
Deixo claro que não estou aqui concorrendo com a Vó Leda, é apenas uma homenagem ao pobre doce, que já li relatos que nem a ela agrada muito.

Os originais só mesmo na casa dela aos domingos, que segundo o “meme dos figos” são feitos só por zoação! :D

A Receita

É fácil fazer figos em calda, o trabalho mesmo é descascar um por um. Tem várias técnicas e eu resolvi usar a do congelamento (sugestão da minha tia, avó e mãe). Os figos usados para doce são verdes, podem ser grandes ou pequenos. Quando eles já estão maduros (coloquei em uma das fotos), é que podem ser consumidos frescos.

Ingredientes

figos-ingredientes
– 1 kg de figos verdes (grandes ou pequenos)
– 1 kg de açúcar refinado
– 1,5 l de água
– Muita paciência e dedicação

Obs: As medidas são de vó, acabamos dosando na hora de fazer e fazendo as correções necessárias.

Encontrei os benditos somente no Mercado Público aqui em Porto Alegre.

Preparo

figos-ferver

1- Lave, retire os cabinhos e ferva na água os figos por 5 minutos, para retirar o leite que sai da fruta verde e facilitar o amolecimento da casca.

figos-freezer

2- Escorra e leve ao freezer até congelar completamente. Eu deixei de um dia para o outro. Esta técnica é para facilitar a remoção da pele.

figos-descascar

3- Remova a pele esfregando com as mãos, de baixo d’água (ainda congelados). Faça uma cruz não muito profunda na parte de baixo para que a calda penetre.

figos-descascados

4- Olha que maravilha todos eles descascados. Me deram um trabalhão, quase desisti na metade e coloquei tudo fora. Agora reserve os figos.

figos-calda

5- Faça uma calda com a água e o açúcar. Deixe que fique como está na foto acima, é importante que quase cubra os figos. Leva em torno de 1 hora e meia.

figos-adicionar

6- Adicione os figos aos poucos para cozinhar na calda. A esta altura a casa já está tomada pelo cheiro de doce. Mexa com cuidado, eles são sensíveis!

figos-cozinhar

7- Cozinhe por 10 minutos e apague o fogo. Deixe descansar e a cada hora, cozinhe por mais 10 minutos. Essa é a melhor maneira de fazer e economiza gás.

figos-cozidos

8- Quanto mais você cozinha, mais escuros ficam. Eu fiz só três vezes, podem ver que não ficaram todos da mesma cor. Cuidado para não cozinhar demais.

Após esfriar, passe tudo para um pote ou prato, cubra e deixe na geladeira. Quanto mais tempo ficarem em refrigeração, melhores ficam. O ideal é servir no dia seguinte.

Resultado

figos-mesa

Nesta mesa eles que são as estrelas, não tem para mais ninguém. Uma das taças foi servida com creme de leite, que na minha opinião combina perfeitamente com os figos em calda!

#teamfigos

marina-team-figos

A Marina pode não provar e nem aprovar, mas com certeza ela abraça a causa e veste a camisa!

Se você quiser uma das camisetas dos figos, também disponíveis em outras estampas, aqui tem mais informações para encomendar a sua.

Moral da História

Só tenha todo esse trabalho se você realmente gosta de figos de verdade e eles te fazem bem. Não vale a pena correr atrás e ter todo o esforço, se você não os ama de verdade. Mesmo que você deixe eles sofrendo solitários na mesa de doces. hahaha

Gus :)

O padre e o pau de selfie

Foto: Rafael Carpejani / arquivo pessoal

Não acreditei quando vi isso, o padre aceitou o pedido do noivo e fez uma selfie usando um desses ‘selfie stick’ (popular monopod/pau de selfie) no final da cerimônia. Uma coisa meio Oscar da Igreja, porque o mais engraçado é ver que TODOS os convidados estavam sorrindo e olhando para a câmera.

Aconteceu em Macatuba, interior de São Paulo na semana passada, e segundo a notícia, o noivo teve a ideia e levou o acessório. No final do casamento, o religioso de 32 anos aceitou o pedido do noivo e fez a foto.

O padre disse à reportagem que adorou a modernidade, e que foi a primeira vez que tirou uma foto usando um pau de selfie. Promete que na próxima vez vai se sair melhor, já que os pais dos noivos ficaram de fora do registro feito pelo equipamento.

O resultado. (Foto: Rafael Carpejani / TEM Você)

O resultado. (Foto: Rafael Carpejani / TEM Você)

Quando a gente acha que já viu tudo…

A notícia completa do G1 aqui: Padre usa pau de selfie em foto de casamento e surpreende convidados.

As fotos foram reproduzidas da reportagem original e pertencem ao noivo: Rafael Carpejani / arquivo pessoal.

Quando eu compro algo e depois encontro mais barato

arrependimento-compra

Eu sei que depois que fazemos uma compra, o melhor mesmo é para de pesquisar e olhar nas lojas, afinal o fato já está consumado. Não sei porquê isso sempre acontece comigo: o mesmo produto ou entra em promoção ou acabo vendo com preço inferior e bate uma raiva. Me refiro aquele desejo de consumo especial, que você quis durante algum tempo e passou fazendo pesquisa de preço e namorando nas vitrines ou na internet.

Não sei se é por ansiedade ou a compra meio que por impulso, mas é impossível adivinhar o futuro ou ter uma bola de cristal para saber o que vai acontecer.

Eu quando quero algo, mesmo tendo mudado de cabeça há algum tempo e tentado me controlar, acabo ficando aficionado e quase todo dia dou uma olhada em lojas virtuais, ou mesmo quando passo pelo shopping. Pode ser um computador novo, um celular ou mesmo uma peça de roupa ou outro produto qualquer, que as vezes é preciso comprar até por necessidade.

Aí eu me programo, faço todos os cálculos, chega o dia e eu compro. Mesmo depois de já ter aquele objeto de desejo em mãos, parece que aquele clima de “paquera” continua por uns dias, afinal, já me acostumei a fazer isso. E do nada surge uma grande promoção do mesmo item, ou um super desconto em alguma loja. Grrr

O Arrependimento

Quem nunca passou por isso? Não se arrepender de ter comprado, mas de não ter esperado um pouco mais. Mas e como saber?

selfie-parede-verde

Acho que pior do que isso, só quando a mesma marca lança um modelo novo logo em seguida, e o que foi comprado por você cai de preço bruscamente.

Isso não me aconteceu ultimamente, mas já passei por essa sensação muitas vezes. #desabafo